• Flavia P. Zanotto

Autor ou colaborador no artigo?

Atualizado: 22 de jul.

"FALSOS AUTORES" EM UM ARTIGO ?

No contexto deste blog, qualquer pessoa que não tenha contribuído "substancialmente" para um estudo é considerado um "falso autor" - no entanto, a definição de "contribuição substancial" é muito vaga. Muitos pesquisadores argumentam que há uma grande diferença entre autores que foram incluídos na lista de autores porque são simplesmente mais importantes hierarquicamente (chefe de departamento, diretor, chefe do laboratório, etc.) e colegas/colaboradores que forneceram suporte direto, como amostras de pacientes ou acesso a uma tecnologia para análise, por exemplo. O chefe de departamento ou diretor pode argumentar que ele / ela fornece a infra-estrutura que torna a pesquisa possível. Será que justifica?


Desse modo, existem vários tipos de "falsos autores":

1. Pessoas que não contribuíram em nada (por exemplo, amigos ou parceiros que fazem "troca troca" com o autor principal: você põe meu nome e eu coloco o seu também) - são sem dúvida falsos autores e deveria acabar esse tipo de combinação na área acadêmica ou médica. Não é ético...

2. Pessoas mais elevadas na hierarquia que fornecem infra-estrutura em geral - aqui começa o debate, algumas pessoas concordam que essa contribuição é insuficiente, mas em vários países ainda é uma prática muito comum. Esses "chefes" deveriam pelo menos ler o artigo e sugerir mudanças que sejam críticas e melhorem o artigo e não somente corrigir erros gramaticas ou a língua inglesa.

Se no caso o chefe for o orientador da pós-graduação ou do pós-doutorando, a situação muda, pois geralmente envolve compromisso com o projeto de pesquisa, participação no desenho experimental e em discussões importantes na área do artigo. Aqui não tem conversa... Merece

3. Pessoas que fornecem informações técnicas concretas (amostras de pacientes, modelos animais, tecnologias, etc.) - debate muito difícil, muitas pessoas considerariam tal contribuição digna de co-autoria, embora não esteja em conformidade com as recomendações de autoria do ICMJE, onde deveriam aparecer somente nos agradecimentos...


4. A pessoa que fez a análise estatística dos dados, merece ser autor se não foi paga para fazer isso? O que vocês acham?


57 visualizações0 comentário