• Flavia P Zanotto

5 Dicas para ler artigos que importam


Embora os avanços da tecnologia nas últimas décadas tenham tornado mais fácil do que nunca manter-se atualizado em um campo específico, a constante inundação de informações também tornou mais difícil para os pesquisadores permanecerem focados. “Sobrecarga de informação” é quando você se depara com muita informação para processar completamente. Mas, como pesquisadores, é fundamental aprender maneiras de combater a sobrecarga de informações. Como você pode ficar afiado e se concentrar no que realmente importa? Aqui, oferecemos algumas dicas cruciais sobre como evitar a sobrecarga de informações e, ao mesmo tempo, manter-se atualizado com as informações necessárias.

Desvantagens de muita informação A cada ano, mais de 2 milhões de trabalhos de pesquisa são publicados. Há mais de 28.000 revistas mostrando importantes e novas descobertas o tempo todo. Por causa disso, pode ser difícil saber por onde começar quando você quer encontrar algo específico ou manter-se atualizado sobre os principais desenvolvimentos relevantes para o seu trabalho. A mídia social oferece uma infinidade de notificações, e-mails e atualizações que causam distração, fazendo você se sentir como se nunca fosse alcançado.

Essa sobrecarga de informações pode levar a um dilema familiar para muitos pesquisadores - como eu sei que fiz pesquisa “suficiente” para começar a escrever algo? Isso, por sua vez, pode levar ao estresse, procrastinação e até apatia no seu trabalho.

Encontrando Agulhas no Palheiro de Informações Se isso soa familiar para você, considere o fato de que você não está sozinho! No entanto, como este é um problema tão comum, há uma série de dicas que podem ajudá-lo a lidar com a sobrecarga de informação ou até mesmo evitá-las em primeiro lugar.

1. Leia artigos conforme o necessário: você não precisa perder seu tempo lendo cada artigo em profundidade! Olhar os resumos de um artigo novo ou comentários sobre este pode mostrar-lhe os pontos-chave que você precisa saber.

2. Use ferramentas de gerenciamento de informações: Filtro, filtro, filtro! Ferramentas como a ScienceOpen Search, os alertas do Google Acadêmico e o Feedly permitem que você selecione as informações que interessa e que também receba avisos por e-mail, ao mesmo tempo em que possibilita encontrar novas fontes. 3. Crie um Twitter separado para sua vida profissional, onde você segue exclusivamente periódicos e cientistas relevantes para seus projetos atuais ou futuros. Desligue suas notificações e reserve um horário todos os dias para verificar seu feed de notícias. 4. Dividir e conquistar: se você estiver trabalhando em uma equipe, delegue a responsabilidade pelas informações aos diferentes membros. Incentive cada pessoa a assumir a tarefa de se especializar em um aspecto específico de sua pesquisa. Dessa forma, você pode relaxar sabendo que não precisa saber tudo para seguir em frente.

5. Sinta-se livre para ignorar as informações: muito importante, pois vamos encarar, muitas das informações que encontramos todos os dias são de baixa qualidade ou irrelevantes para nós.

Espero que esses blogs que enviamos não sejam irrelevantes!

7 visualizações
LINKS
CONTATE-NOS

flaviapz@assessoriaciencia.com

Tel: (11) 99657 4524

RAZÃO SOCIAL: FLÁVIA PINHEIRO ZANOTTO ME

CNPJ: 16.955.524/0001-76

Rua Barão de Campos Gerais, 162

CEP: 05684-000 | Real Parque

São Paulo | SP

SOCIAL

©2020 - Todos os direitos reservados. Escrever Ciência | Desenvolvido por Garden Digital