• Flavia Pinheiro Zanotto

Resultados negativos?


O fracasso é o trampolim para o sucesso. A maioria dos avanços tecnológicos resultou inicialmente de erros. Mesmo experimentos bem executados com uma hipótese clara produzem resultados inconclusivos ou negativos. No entanto, a comunidade acadêmica se acostumou a celebrar apenas descobertas positivas.


Publicar resultados negativos tem altos custos em comparação com os resultados potencialmente positivos. Os custos incluem gastos com taxas de publicação, esforços na redação do manuscrito e o tempo necessário para fazê-lo! Os resultados incluem o número de citações e a visibilidade da publicação. Outra barreira que impede os pesquisadores de publicar resultados negativos é a noção comum de que estudos negativos podem implicar em falta de rigor. É um equívoco achar que os pesquisadores que relatam resultados positivos sejam mais competentes e habilidosos. Na verdade, avaliar as descobertas negativas poderia encorajar os pesquisadores a mergulhar em empreendimentos de pesquisa ainda não explorados.


Publicação de resultados negativos

Os três elementos principais que definem qualquer resultado de pesquisa são reprodutibilidade, robustez e traduzibilidade. Os artigos publicados servem como um gatilho para que investigadores de todo o mundo construam suas hipóteses com base nestes. Portanto, tanto os resultados positivos quanto os negativos são essenciais para tornar o processo científico robusto e confiável. O relato de resultados negativos ou nulos ajuda os pesquisadores a modificar seus planos de pesquisa de acordo. Além disso, evita o desperdício de recursos adicionais, incluindo tempo, dinheiro e energia. O relato de estudos negativos também ajuda os pesquisadores a identificar potenciais fatores de confusão, como tamanho da amostra, alocações de tratamento ou erros de relato.


Por que os pesquisadores obtêm resultados negativos ou nulos?

Existem três razões importantes pelas quais os pesquisadores costumam obter resultados negativos ou nulos.

1. A hipótese original era imprecisa e baseada em suposições falsas e incorretas.

2. Os erros técnicos podem incluir a escolha de um desenho de estudo ruim, o uso de reagentes vencidos ou inadequados ou o uso de métodos estatísticos não adequados.

3. O pesquisador não foi capaz de confirmar os resultados obtidos em artigos publicados anteriormente ou que era uma continuação de trabalhos já publicados.


Implicações de não publicar resultados negativos

Os resultados negativos ou nulos que surgem devido aos dois primeiros motivos acima não se qualificam para publicação. Normalmente, quando os cientistas identificam erros na geração de hipóteses ou no uso de materiais ruins, os experimentos devem ser encerrados prematuramente. Assim, os resultados negativos publicáveis ​​incluem aqueles achados que não confirmam os resultados publicados anteriormente. E publicar em periódicos bons também permite que outros cientistas aprendam e acabem repetindo experimentos que podem potencialmente levar ao fracasso. Posteriormente, isso também evitará o desperdício desnecessário de fundos e atrasos no progresso científico. O viés inerente de publicar apenas resultados positivos também pode levar ao acúmulo de dados espúrios na literatura científica


Critérios para publicação de resultados negativos

Quando um pesquisador decide publicar resultados negativos em uma revista científica, isso deve ser feito com total cautela! Os dados devem ser provados como estatisticamente negativos usando métodos de análise de dados rigorosos. Os protocolos experimentais que produziram os resultados devem ser repetidos várias vezes para garantir que não houve falhas técnicas. Além disso, o acesso completo a metodologias e dados brutos deve ser fornecido. Além disso, e mais importante, apenas os resultados que provavelmente terão um alto impacto devem ser publicados. Os experimentos podem ser realizados em colaboração com colegas, pares e especialistas na área. Isso ajuda a identificar variáveis ​​de confusão ou quaisquer vieses no desenho do estudo. Se resultados negativos forem confirmados mesmo após esforços colaborativos, esses têm maior chance de serem aceitos em revistas de alto impacto.


Novas iniciativas foram lançadas, como o uso de registered reports para lidar com os resultados negativos de um estudo. Eles apóiam o fato de que as descobertas científicas devem ser avaliadas com base no rigor do estudo e não pelos resultados. Os pesquisadores podem enviar a primeira metade de seu artigo que descreve a hipótese, os métodos planejados e o desenho estatístico proposto. Se for considerado adequado, o periódico fornece um ‘in-principle acceptance’ do artigo. Isso implica que, se o pesquisador seguir o plano relatado, os resultados serão publicados independentemente do resultado. Posteriormente, isso salvaguarda a publicação independentemente de resultados positivos ou negativos.


Onde os pesquisadores podem publicar resultados negativos?

Existem várias plataformas que permitem a divulgação de resultados negativos. Os pesquisadores podem postar suas descobertas em sites dos laboratórios / universidades. Pode existir um fórum aberto, como conferências acadêmicas que encorajam discussões honestas sobre experimentos malsucedidos. No entanto, publicar em periódicos amplamente aceitos e revisados ​​por pares ainda permanece o padrão ouro!

Recentemente, houve uma mudança otimista com alguns periódicos considerando a publicação de resultados negativos. Listados abaixo estão exemplos de periódicos diferenciados que facilitam a publicação de tais resultados:

  1. Positively Negative (PLOS One)

  2. The Missing Pieces: A Collection of Negative; Null and Inconclusive Results (PLOS One)

  3. The All Results Journals

  4. ACS Omega (ACS Publications)

  5. F1000Research

  6. PeerJ

  7. Journal of Negative Results in Biomedicine

  8. Journal of Negative Results – Ecology and Evolutionary Biology

  9. Journal of Articles in Support of the Null Hypothesis

  10. Journal of Pharmaceutical Negative results

✳️ Que tal começarmos a fazer isso?


29 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo