• Flavia Pinheiro Zanotto

Redação científica: sabe sua utilidade?



Hoje acordei e pensei em falar sobre redação científica e o verdadeiro sentido da palavra. A primeira pergunta que vem a cabeça de qualquer um seria “para quê serve?”

A redação científica trabalha em torno de um texto/artigo científico para que esse fique mais fácil de ler e entender. Como assim? Pense que um artigo é também uma história a contar, com começo, meio e fim. Se trata, desse modo, de uma “história científica”. O texto é todo escrito em volta de palavras com significado direto, ou seja, o texto é denotativo, e não conotativo, como a história não-científica, ou os livros que lemos de ficção toda noite ao nos deitar. A escrita conotativa é muito rica na literatura, pois ela pode instigar a imaginação do leitor com o uso de palavras que podem levar a inúmeros sentidos e significados. A linguagem científica não, ela deve ser precisa em seu sentido e não levar a ambiguidades. Ponto primordial aqui...


E como a redação científica ajuda um artigo, na prática, a ter maiores chances de sucesso e ser aceito em uma revista? Logicamente que os dados coletados pelo pesquisador, a qualidade e a significância destes para a área de estudo são primordiais. Principalmente se os resultados são originais ou levam a um avanço incremental e significativo na área. Mas se o artigo estiver mal escrito e não conta uma história, com argumentação lógica e desenvolvimento de um raciocínio ordenado, o resultado pode ser desastroso.

Aí aparece a redação científica, para dar vida ao artigo: a história científica é contada com uma introdução que parte de conceitos gerais na área de estudo, desenvolve um argumento mostrando o que está obscuro naquela área de estudo até chegar ao valor do seu trabalho, isto é, porque seu trabalho é importante. E na discussão do artigo, a argumentação usada se inicia com os seus achados principais e a partir disso sua argumentação é toda baseada na literatura e como as suas descobertas são sustentadas ou não por tudo que foi publicado anteriormente. E, finalmente, com a conclusão de seu trabalho você se coloca em um papel para sugerir as dificuldades na área de pesquisa e como você contribuiu de maneira significativa com o seu trabalho.

Portanto, a redação científica contribui enormemente para o sucesso de seu artigo. E não necessariamente quem faz a redação científica precisa entender a parte técnica de seu trabalho. Você, que está escrevendo o artigo, sabe mais essa parte do que ninguém. Desse modo, mesmo sem estar a par de sua área de pesquisa, alguém que trabalha na redação científica de um artigo pode gerenciá-lo e torná-lo altamente efetivo em enviar a mensagem final de seu trabalho, e torná-lo impactante e fomentar mais discussões sobre o mesmo.

Desse modo, após trabalhar na redação científica, seu artigo fica claro e bem escrito. Até mesmo quem não é da área pode ler e entender, pois foi bem elaborado em seu conteúdo, a história foi bem contada e a mensagem final ficou clara.


Todos ganham, e você alcança uma divulgação do seu trabalho de maneira exponencial.


Boa Sorte!

LINKS
CONTATE-NOS

flaviapz@assessoriaciencia.com

Tel: (11) 99657 4524

RAZÃO SOCIAL: FLÁVIA PINHEIRO ZANOTTO ME

CNPJ: 16.955.524/0001-76

Rua Barão de Campos Gerais, 162

CEP: 05684-000 | Real Parque

São Paulo | SP

SOCIAL

©2020 - Todos os direitos reservados. Escrever Ciência | Desenvolvido por Garden Digital