• Flavia Pinheiro Zanotto

Importância dos gráficos



Regras para criação de figuras em seus artigos

Apresentar um gráfico com linhas, barras ou uma mistura dos dois precisa ser bem pensado. Ou às vezes até mostrar os dados em tabelas fica melhor representado do que em gráficos!

Um artigo de 2014 da revista PLOS Computational Biology, apresentou 10 regras para criar figuras que evitam o "chartjunk" (figura com informação desnecessária ou com junk):

1. Conheça o seu público-alvo: tenha em mente o seu público ao criar suas imagens. Seu público em um simpósio precisa de figuras menos elaboradas e fáceis de entender, diferente daquele que vai ler o seu artigo em um periódico científico (pois é um conhecedor da área e vai ler e observar com cuidado os detalhes).


2. Conheça onde apresentará: preste atenção em como sua figura será exibida. Se for apresentar para um público ao vivo, você provavelmente irá exibir seus números em um tamanho maior e em negrito, pois será apresentado por um curto período de tempo. 


3. Conheça a mensagem da sua figura: identifique o que você está tentando transmitir. Sua figura deve ajudar, não atrapalhar, a compreensão das informações.


4. Usar legendas: as legendas fornecem mais informações sobre o que a figura abrange. Se você estiver criando um gráfico, verifique se os eixos estão nomeados. Use legendas para indicar informações importantes e específicas. Deixe a figura auto-explicativa com a legenda.


5. Use a cor com moderação: a cor é útil para direcionar a atenção para uma área específica. Use a cor desse modo, mas se ela não adicionar nada à sua figura, provavelmente não será necessária. Combine as cores para a apresentação em power point pois o gráfico será projetado, e pode não funcionar como voce vê em sua tela do computador.


6. Mensagens bonitas e eficientes: se voce precisa mostrar em uma palestra um gráfico bem feito sobre um mecanismo ou um conceito, procure gráficos prontos e visualmente efetivos na literatura, tomando o cuidado de mencionar a fonte e ver copyright.


7. Evite o "chartjunk": isso é importante enfatizar novamente. Coloque as informações importantes


8. Use as ferramentas corretas: Existem inúmeros programas de computador e bibliotecas de software para ajudá-lo a projetar o gráfico ideal. Muitos estão disponíveis gratuitamente para você (2 exemplos, Inkscape, Matplotlib). Estes podem ajudar a apresentar seus dados da maneira mais efetiva possível.

Espero que tenha ajudado!

LINKS
CONTATE-NOS

flaviapz@assessoriaciencia.com

Tel: (11) 99657 4524

RAZÃO SOCIAL: FLÁVIA PINHEIRO ZANOTTO ME

CNPJ: 16.955.524/0001-76

Rua Barão de Campos Gerais, 162

CEP: 05684-000 | Real Parque

São Paulo | SP

SOCIAL

©2020 - Todos os direitos reservados. Escrever Ciência | Desenvolvido por Garden Digital