• Flavia Pinheiro Zanotto

Começando aquele seu artigo, como?


Você passou meses ou anos conduzindo sua pesquisa acadêmica. Agora é hora de escrever o seu artigo. Para alguns, isso pode ser uma tarefa difícil, porque a escrita não é o seu ponto forte. Pode ser difícil até começar a escrever. No entanto, depois de organizar seus pensamentos e começar a escrevê-los, a tarefa ficará mais fácil.

Como fazer isso?

1. Organize seus pensamentos Talvez uma das tarefas mais importantes antes de começar a escrever seja o organizar. Você provavelmente também tem muitas páginas de "notas". Estes também devem ser organizados. Felizmente, isso é muito mais fácil de fazer do que no passado com anotações escritas a mão. Supondo que essas tarefas estejam concluídas, o que vem a seguir?

Ao sugerir que você organize seus pensamentos, queremos que dê uma olhada no que você compilou. Pergunte a si mesmo o que você está tentando transmitir ao leitor. Qual é a mensagem mais importante da sua pesquisa? Como seus resultados afetarão os outros? Mais pesquisas são necessárias?

Escreva suas respostas e guarde-as onde possa vê-las enquanto escreve. Isso ajudará você a se concentrar em seus objetivos.

2. Objetivos para uma escrita clara Seu trabalho deve ser apresentado da forma mais clara possível. Você quer que seus leitores entendam sua pesquisa. Você também não quer que eles parem de ler porque o texto é muito técnico.

Tenha em mente que sua pesquisa publicada estará disponível em revistas acadêmicas de todo o mundo. Isso significa que pessoas de diferentes idiomas irão lê-lo. Além disso, mesmo com cientistas, isso pode representar uma barreira lingüística. De acordo com um artigo recente, lembre-se sempre dos seguintes pontos ao escrever:

* 2.1. Evite a ambigüidade - É melhor ser o mais claro possível ao descrever os detalhes de um experimento. Certifique-se de definir claramente os termos na primeira vez que eles são usados, e seja o mais descritivo possível ao explicar os efeitos observados.

"X afeta Y" = ambíguo x

X aumenta Y = Descritivo ✓

"Houve um efeito significativo" = ambíguo x

Houve um aumento significativo = Descritivo ✓

* 2.2. Apontar para a Simplicidade - Linguagem simples é melhor para transmitir resultados de uma forma que os torne acessíveis a pessoas que podem não ter o mesmo nível de conhecimento no campo dado. Além disso, evitar o jargão científico ajudará a destacar seus resultados, em vez de ficarem escondidos atrás de barreiras lingüísticas desnecessárias.

* 2.3. Escreva na voz ativa - Ao escrever um manuscrito, muitos revisores recomendam que a escrita deve estar na voz ativa - ou seja, sempre descreve as ações que o pesquisador está fazendo, não as ações que estão sendo feitas sobre o assunto (*porém algumas revistas mais tradicionais ainda preferem a escrita no voz passiva...pena)

“os resultados desse trabalho mostram que...” = passiva x

"mostramos que os resultados são..." = ativo ✓

* 2.4. Evite fazer declarações definitivas - Quando obtemos dados que correspondem à nossa hipótese, pode ser tentador escrever que nossos resultados provam essa teoria ou servem como evidência para esse fenômeno - mas devemos ter em mente que nossos resultados nunca são definitivos. Use frases como "resultados sugerem" ou "pode ​​ser indicativo de" para evitar um tom conclusivo.

FONTE:

https://sass.queensu.ca/tips-and-techniques-for-scientific-writing/

6 visualizações
LINKS
CONTATE-NOS

flaviapz@assessoriaciencia.com

Tel: (11) 99657 4524

RAZÃO SOCIAL: FLÁVIA PINHEIRO ZANOTTO ME

CNPJ: 16.955.524/0001-76

Rua Barão de Campos Gerais, 162

CEP: 05684-000 | Real Parque

São Paulo | SP

SOCIAL

©2020 - Todos os direitos reservados. Escrever Ciência | Desenvolvido por Garden Digital