• Flavia P. Zanotto

Saiba sobre a meta-análise


A crise de reprodutibilidade na pesquisa não é nova para a comunidade científica. Para demonstrar esse fenômeno, pesquisadores que trabalham com o tema câncer tentaram reproduzir estudos publicados em periódicos altamente cotados e só conseguiram reproduzir dois terços desses estudos. Isso leva a hipóteses e debates conflitantes em torno de teorias específicas. Como você avança em seu campo de pesquisa se a literatura é conflitante?

Uma maneira de resolver isso é fazer uma meta-análise (veja aqui). Essa análise estatística pode ajudá-lo a tirar conclusões dos dados disponíveis, responder a perguntas ainda não abordadas, gerar novas hipóteses e resolver debates sobre uma determinada questão de pesquisa.

O que é uma Meta-análise? Glass define a meta-análise como “a análise estatística de uma grande coleção de resultados de análises de estudos individuais com o propósito de integrar os resultados”.

É uma forma de agrupar todos os dados referentes a uma questão específica, combinando efetivamente todos os estudos individuais em um grande estudo e analisando-o estatisticamente. Isso aumenta o tamanho da amostra, leva mais variáveis ​​em consideração e faz uma análise mais precisa dos dados.

Importância da Meta-análise É difícil tirar conclusões quando a literatura é conflitante. Você precisa ser capaz de fazer uma comparação de toda a literatura para tentar entender por que os resultados são diferentes. Uma meta-análise pode encerrar debates sobre pesquisas conflitantes sem repetir experimentos e o consumo de recursos de laboratório ou de campo. Por exemplo, quando você precisa decidir sobre um regime de tratamento para um ensaio clínico, uma meta-análise de todos os estudos pode dizer qual tratamento foi o mais eficaz. Meta-análises são valiosas para todos os tipos de pesquisa e os pesquisadores freqüentemente as citam.

Uma Meta-análise sempre resolve os conflitos?

Uma meta-análise adequadamente conduzida considera todos os fatos e leva todas as variáveis ​​em consideração. Incluem todos os estudos relevantes e, portanto, você pode confiar em sua conclusão. No entanto, não é tão simples quanto parece. Por exemplo, a meta-análise não conseguiu resolver o debate em curso sobre se os videogames violentos causam maior agressão e violência nos jovens. Estudos de ambos os lados do debate resultaram em conclusões opostas. Talvez as perguntas feitas nessas análises estivessem erradas. Como resultado, a meta-análise aumentou o conflito em vez de diminuí-lo.

É importante incluir estudos fracassados ​​ou negativos em uma meta-análise. Se você omitir um estudo, ele poderá distorcer os resultados. Isso é complicado porque os periódicos publicam resultados positivos com mais frequência do que os negativos. Alguns "proceedings" de conferências, dissertações de pós-graduação e registros de ensaios clínicos contêm dados não publicados. No geral, as meta-análises podem mostrar um quadro geral que não pode ser determinado em um pequeno estudo.

E evita gastos com pesquisas já feitas, mas inconclusivas!

6 visualizações
LINKS
CONTATE-NOS

flaviapz@assessoriaciencia.com

Tel: (11) 99657 4524

RAZÃO SOCIAL: FLÁVIA PINHEIRO ZANOTTO ME

CNPJ: 16.955.524/0001-76

Rua Barão de Campos Gerais, 162

CEP: 05684-000 | Real Parque

São Paulo | SP

SOCIAL

©2020 - Todos os direitos reservados. Escrever Ciência | Desenvolvido por Garden Digital